segunda-feira, 22 de abril de 2013

Por que uma mulher chora?

Chora porque é emotiva, e se sensibiliza com o sorriso de sua criança, com um toque de carinho da pessoa que ama ou com um abraço amigo e sincero no momento de angústia. Porque gostaria que sua vida fosse como nos filmes: com romance, diversão e um certo toque de drama.

Chora por que o seu homem, na necessidade de satisfazer o seu ego, prefere vê-la chorar atrás de si a sorrir  ao seu lado. Por ter seu brilho apagado por conta de uma cultura machista que a classifica como subalterna, sem direito a ter uma vida, sonhos e realizações próprias, alegando que sua felicidade está fundamentada apenas nas realizações dele.

Chora por coisas que perdeu, não porque não cuidou delas, mas porque lhes foram roubadas. Por objetivos que não alcançou por ter dado prioridade a felicidade dos outros, e não ser valorizada por isso. Por ter seus planos paralisados porque tem que, sozinha, se responsabilizar pelo cuidado dos filhos ou porque a pessoa que ama dificulta ainda mais sua dura jornada diária.

Chora porque ao invés de ouvir palavras de incentivo e amor, é esbofeteada com o silêncio, o desprezo e o descrédito em suas potencialidades. Por ter que desistir de sonhar por não ter mais forças pra lutar. Por percebe que as pessoas à sua volta não se regozijam com suas alegrias e conquistas, por menor que sejam.

Chora porque tem que ouvir de toda uma sociedade o "pelo menos você tem..." como se, por ser mulher, tivesse que se contentar com qualquer migalha. Por ter que implorar por igualdade de direitos e o mínimo de condições para manutenção de sua vida e da de sua família.

Chora porque é tão forte, e suporta tanta dor, que a única coisa que lhe resta é chorar...

Abço a tod@s
Por Priscila Messias



Postar um comentário