quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Natal...tempo de advento

Do latim adventus - significa: vinda, chegada, início¹

O natal significa o advento, é o período que as religiões cristãs celebram o nascimento do Jesus Cristo, aquele que veio trazer uma nova vida à humanidade. Natal é isso: momento do nascimento de novas expectativas e de recomeços.

Jesus veio ao mundo com o propósito de esclarecer o querer de Deus para os homens, para libertá-los da escravidão de dogmas e "verdades" estabelecidas por quem os queriam conduzir. O Messias veio trazer a oportunidade de pensar e questionar.

Ele mostrou que viemos ao mundo não para cumprir uma série de protocolos e obrigações, mas para olhar o outro com amor e estender a mão para os segregados, os desesperançados, os cativos nas amarras da amargura e desilusão. Jesus ensinou que temos o propósito de amar, servir, respeitar e aceitar o outro para que possamos viver em harmonia.

Me dói perceber que a crença que professa seu nome, tem contradizido muitos dos seus ensinamentos, quer dizer como devemos nos comportar, falar, nos vestir e pensar. O cristianismo hoje se vê como religião soberana que tem o direito de intervir na vida social da humanidade, mas de uma maneira que visa manipular e não apregoar a vida plena em Cristo. Quem manipula pensamentos e impede o questionar não pode dizer que tem o objetivo de libertar, ao contrário prende o ser humano a grilhões que o impede de caminhar.

Jesus não veio cumprir o protocolo de sua religião, nem definir quem seria salvo do pecado ou não, ele veio trazer plenitude à vida das pessoas que o cercavam, e quis que isso se espalhasse para todos os seres humanos da face da Terra, porque todos - pretos, brancos, pardos, amarelos, homossexuais, mulheres, índios, etc. - tem o direito à viver com dignidade e respeito, independente se crêem em Cristo, Maomé, Budá, Allah, ou a força da natureza.

Segundo o cristianismo, Jesus Cristo veio revolucionar. Ele olhou e deu a importância devida às mulheres e crianças numa sociedade que não as considerava como seres dignos de fazer parte do censo; tocou leprosos, aleijados e mendigos e transformou suas vidas por conta de seu amor; comparou os "puros" à uma mulher adúltera e os fez pensar. Em momento nenhum Jesus impôs algo, ele trouxe questionamentos, mudança de atitudes, brigou pelo que acreditava e morreu para provar seu amor por todos.

Então, não se julgue errado por pensar e questionar, o ser humano tem essa capacidade e ela precisa ser explorada. Mas use esse dom para o bem, para transformar a tristeza em alegria, a fome em fartura, a doença em saúde, a morte em vida.

Boa reflexão a tod@s
Por Priscila Messias
____________________________________________________
¹http://www.dicionarioinformal.com.br/advento/
Postar um comentário